18/10/2016

Como escolher o seu destino do intercâmbio


(imagem ilustrativa/google)

Ok, já contei no post anterior que finalmente resolvi realizar o sonho do meu intercâmbio. Mas, para onde será que eu vou? Isso eu disse que explicaria no caminho... e vou! Mas, agora eu queria falar um pouco sobre os critérios que eu adotei na minha procura.

Escolher o destino não é fácil, este mundo é grande demais, as opções são infinitas, mas existem alguns critérios que eu levei em consideração:

O idioma - parece óbvio, mas existem algumas pessoas que vão sem pensar no futuro, adianta estudar italiano se o inglês será mais útil na sua carreira, por exemplo? A minha opção foi sempre por um país que a língua fosse o inglês.

O preço - intercâmbio é um investimento bem alto! Tem que caber no bolso para não passar perrengue, ok... perrengue não tem como deixar de pensar, mas não dá pra ir só com a cara e a coragem.

Estudo e trabalho - entra aí a questão do preço também. Países em que o visto permite trabalhar sempre foi o meu foco, ou seja, Austrália, Nova Zelândia, Canadá e Irlanda. Todo mundo sabe que a possibilidade de estudar e trabalhar vai muito além do idioma e remuneração, ainda assim, conseguir se manter lá pra não zerar toda a sua grana e ainda conseguir voltar com um dinheirinho no bolso não faz mal a ninguém, não é mesmo?

Possibilidade de viajar - ter a possibilidade de conhecer outros lugares, sem que isto te custe um rim... viajar do Brasil para o exterior é caro e eu amo viajar, precisava de uma cidade que me proporcionasse essa facilidade.

Receptividade - não dá pra se aventurar em um país em que a receptividade não é legal, afinal de contas se relacionar com o povo e a cultura é essencial.

Estilo de vida - morar em São Paulo te dá a experiência de lidar com variados estilos de vida, mas acredito que quem mora aqui dificilmente se acostumaria a viver em uma cidadezinha do interior, igual não tem, eu costumo dizer isso, porque não é em qualquer lugar do mundo que você encontra um supermercado aberto às 3h da manhã ou aquela padoca para matar a larica depois da balada, mas eu sempre quis uma cidade com o mínimo de estrutura para o choque não ser tão grande.

E você, qual critério entraria na sua escolha?


1 comentários:

  1. Estarei aqui de dedinhos cruzados, que tudo saía do jeitinho que você quer!!
    Boa Sorte na nova jornada!! <3

    ResponderExcluir